Brasil de Dilma x Brasil de Aécio

Via Mantos do Futebol 

Separação do Brasil? Veja como seriam as seleções Dilma e Aécio

No último final de semana, nós tivemos as eleições para presidente em nosso país e a disputa apertada entre a candidata vencedora do PT, Dilma Rousseffe o tucano Aécio Neves acirrou os ânimos entre o povo brasileiro que se dividiu entre a petista e o candidato do PSDB.

Infelizmente, muitos brasileiros que foram derrotados perderam a cabeça e distribuíram impropérios via redes sociais chegando inclusive ao ponto de pedir que os estados deram a vitória majoritária a Aécio se separassem dos estados que deram a vitória a Dilma.

A ideia de separação do Brasil nos parece uma imensa loucura e algo totalmente inacreditável, mas aproveitando o ensejo dado pelos intolerantes com o resultado democrático e um tópico bastante interessante criado no grupo de Facebook “Futebol Alternativo”, resolvemos ilustrar como seriam as seleções caso o país se separasse entre os “estados vermelhos”, que deram vitória majoritária a Dilma, e os “estados azuis” que preferiram o mineiro Aécio Neves.

Algumas regras foram colocadas para que o exercício imaginativo tivesse algum nexo:

– Os jogadores escolhidos foram baseados nas últimas convocações da seleção.

– Cada jogador defenderia o seu estado natal e não o estado no qual ele joga ou o candidato que ele votou.

– Como a FIFA permite que o técnico seja estrangeiro, a definição dos treinadores foi baseada em nomes que abriram apoio público aos candidatos.

Vamos lá!

Separação do Brasil? Veja como seriam as seleções Dilma e Aécio

Seleção da Dilma – A seleção vermelha seria composta por jogadores nascidos nos estados em que a presidente venceu: Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Sergipe e Tocantins. O time seria formado por: Diego Alves (RJ), Danilo (MG), Thiago Silva, (RJ), Gil (RJ) e Marcelo (RJ); Ramires (RJ), Rômulo (PI), Philippe Coutinho (RJ) e  Roberto Firmino (AL); Hulk (PB) e Fred (MG) que apesar de ter apoiado abertamente Aécio Neves, teria que defender a seleção vermelha pois o seu estado preferiu Dilma. O técnico da seleção seria Luxemburgo, que apesar de carioca, foi apoiador da campanha petista e assim escolhido por confiança.

Seleção Aécio – A seleção azul é composta pelos jogadores que nasceram nos estados em que o tucano teve vantagem:  Acre, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina e São Paulo. Vamos aos escolhidos: No gol Jéfferson (SP), Mario Fernandes (SP), David Luiz (SP), Miranda (PR) e Felipe Luís (SC); Fernandinho (PR), Luiz Gustavo (SP), Oscar (SP) e Willian (SP); Neymar (SP) e Diego Tardelli (SP). O técnico escolhido é o carioca Zico, que apesar de ser do outro estado é escolhido por ter sido apoiador do candidato do PSDB.

E aí na sua opinião qual seleção seria mais forte em caso de uma hipotética separação do Brasil? 

Comentários

INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL
Pelada na Net
E-Consulters Web Não Intendo Tenso O Macho Alpha Testosterona Capinaremos Mentirinhas Will Tirando
Categorias
<