As melhores defesas do Brasileirão 2014

Via FTB Pro

melhores-defesas-00

Fábio (Cruzeiro) – Fluminense 3×3 Cruzeiro

Fluminense e Cruzeiro fizeram um jogaço no Maracanã, numa partida de seis gols. Fábio, o goleiro do líder do Brasileirão, operou alguns milagres ao longo do duelo, mas um deles merecesse destaque: em chute de Fred, o capitão do Cruzeiro deu um tapa magistral na bola, que tocou a trave, correu em frente da linha do gol e foi encontrar Conca, que chutou e… Fábio defendeu novamente, após uma recuperação assustadora.

Paulo Victor (Flamengo) – Flamengo 0x1 Grêmio

O Flamengo recebeu o Grêmio no Maracanã, mas não conseguiu sair com a vitória. Apesar disso, não fosse pelo reflexo espetacular do goleiro Paulo Victor, o resultado seria ainda pior. Após jogada do habilidoso Dudu, o goleiro flamenguista espalmou e, no rebote, Giulliano ia marcando um gol de placar… mas calma, ‘tem goleiro’!

Rogério Ceni (São Paulo) – São Paulo 2×0 Cruzeiro

Ter mais posse de bola e chances de gol que o São Paulo não foi o suficiente para o Cruzeiro sair com a vitória do Morumbi. Num lance espetacular, Rogério Ceni opera um milagre, mostrando elasticidade e bom tempo de recuperação, e evita o gol cruzeirense.

Marcelo Grohe (Grêmio) – Grêmio 1×0 Fluminense

Não por acaso o gigante Marcelo Grohe foi convocado pelo técnico Dunga para a Seleção Brasileira. O goleiro do Grêmio vem dando show há muito tempo. No duelo entre Grêmio e Fluminense, no primeiro turno, Rafael Sóbis acertou um chute sensacional, com endereço certo, mas o arqueiro do tricolor gaúcho voou para espalmar de modo fantástico.

Cássio (Corinthians) – Corinthians 3×0 Sport

Alguns dirão que esta defesa é mais um demérito do atacante do Sport que talento do arqueiro coritiano. Afinal, com tão pouco espaço, não é uma decisão muito inteligente tentar encobrir um goleiro do tamanho de Cássio.
Por outro lado, o camisa 1 mostrou ótimo tempo de recuperação ao interceptar o chapéu que ia levando, e a verdade é que nem todos os arqueiros conseguiriam fazê-lo!

Rogério Ceni (São Paulo) – São Paulo 1×1 Corinthians

No empate entre São Paulo e Corinthians, no primeiro turno, Rogério Ceni fez uma defesa sensacional, após chute venenoso do peruano Paolo Guerrero. O chute foi tão forte que o arqueiro tricolor precisou fazer um exercício de alongamento enquanto o rival não cobrava o lateral.

Fábio (Cruzeiro) – Cruzeiro 1×0 Grêmio

No duelo entre o líder Cruzeiro e o Grêmio, no Mineirão, o time de BH venceu por 1-0, gol de Dagoberto, mas Fábio também teve importante participação no resultado positivo para o time mineiro. Das muitas defesas difíceis que fez ao longo da partida, aquela que colocou fim à jogadaça do garoto Dudu foi simplesmente monumental! Confira, à partir de 27 segundos de vídeo.

Victor (Atlético-MG) – Cruzeiro 2×3 Atlético-MG

Nenhum cruzeirense gosta de lembrar do último clássico com o Atlético-MG: o time estrelado teve mais de 60% de posse de bola as as principais chances, mas foi o Galo que marcou no fim e venceu a partida. Numa das chances que o Cruzeiro teve, Everton Ribeiro acertou bonito chute da entrada da área, mas o goleiro Victor apareceu para fazer belíssima defesa.

Jefferson (Botafogo) – Criciúma 1×1 Botafogo

Para o Botafogo, o melhor seria vencer a partida. Mas o duelo com o Criciúma em Santa Catarina poderia ter sido bem pior que um empate, não fosse o goleiro titular da Seleção Brasileira. Após perde e ganha, Sylvinho viu-se com a bola dentro da área e fuzilou, mal podendo imaginar que Jefferson se esticaria todo para impedir o gol do Tigre.

Dida (Inter) – Atlético-PR 0x1 Inter

A partida entre Furacão e Colorado terminou melhor para o time gaúcho. Rafael Moura marcou o gol da vitória e deu fim a um jejum que já durava nove jogos. Dida fez uma defesa vistosas, dessas de posar para foto, e garantiu a vitória do vice-líder do Brasileirão fora de casa.

Comentários

INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL
Pelada na Net
E-Consulters Web Não Intendo Tenso O Macho Alpha Testosterona Capinaremos Mentirinhas Will Tirando
Categorias
<