10 melhores apelidos de jogadores ruins do Palmeiras

Via Listagram

Torcedores de futebol têm uma criatividade especial pra botar apelido em jogador ruim. E nesse assunto, a torcida do Palmeiras é um caso a parte. É tanto apelido genial que não dá para colocar todos aqui. Talvez esse volume seja tão grande pela quantidade enorme de jogadores bizarros que passaram pelo Alviverde nos últimos anos. As dez melhores pérolas você confere nesta lista, escrita nos moldes do blog Outros Meninos da Vila, feito pelo Noronha.

Obviamente, no futuro haverá uma parte 2 deste post com jogadores de todos os clubes brasileiros. Deixem sugestões nos comentários com os apelidos que vocês lembrarem!

jogadores-lixo-palmeiras-00

10. Evandro “Seleça”

Nome: Evandro Goebel
Posição: Meia
Quanto durou: 2008 – 2009
Onde está hoje: Porto (POR)

Evandro foi apenas mais uma das “invenções” de Luxemburgo no Palmeiras em 2008, em meio a Jéci, Gladstone e Thiago Cunha. Mas o que chamou atenção foi o apelido dado pelo “pofexô” ao meia. Segundo o técnico, ele seria O CARA do meio-campo depois da saída de Valdívia, e sua habilidade era tanta que os próprios companheiros o chamavam de “SELEÇA” (inclusive, ele jogou pelo Brasil Sub-20). O tempo, como sempre, mostrou que Luxinha estava errado. Afinal, nenhum jogador que faz 2 gols em 42 jogos com atuações pífias merece um apelido tão generoso, certo?

evandro

9. Max “Pedreiro”

Nome: Max Brendon Costa Pinheiro
Posição: Atacante
Quanto durou: 2008 – 2010 (entre idas e vindas)
Onde está hoje: América-RN

A única alegria que Max conseguiu dar à torcida do Palmeiras foi o apelido “Pedreiro”, que rendeu ANEDOTAS como a de que ele trabalhou nas obras do Allianz Parque. Dentro de campo, não tinha graça nenhuma. E o desfecho da história dele foi pior ainda: foi suspenso por dois anos pelo STJD depois de ser pego no antidoping por uso de cocaína.

max

8. Osmar “Cambalhota” ou Osmar “Daiane”

Nome: Osmar Aparecido de Azevedo
Posição: Atacante
Quanto durou: 2004, 2007 (retorno)
Onde está hoje: Inter de Limeira-SP

Era tão ruim que quando fazia gol nem acreditava e dava até cambalhota para comemorar. Daí o apelido. Horrível, mas carismático.

osmar

7. Cristiano “Calça Jeans”

Nome: Cristiano dos Santos Neves
Posição: Atacante
Quanto durou: 2007
Onde está hoje: Ypiranga-PE

Disseram para ele que ele era atacante de futebol e ele fez a cagada de acreditar. Veio em 2007 junto com o Caio “Harry Potter” Junior e foi embora depois de brilhantes 15 jogos e dois gols, com direito a uma cagada homérica ao tentar driblar o goleiro em um jogo contra o Botafogo, que lhe rendeu este glorioso apelido.

cristiano

6. Adriano “Michael Jackson”

Nome: Carlos Adriano de Sousa Cruz
Posição: Atacante
Quanto durou: 2011
Onde está hoje: Daejeon Citizen (CRS)

Fraco como dezenas de jogadores que passaram pelo Verdão nos últimos tempos, Adriano já veio com esse apelido do Bahia, porque comemorava seus (poucos) gols fazendo imitações porcas das danças do Michael Jackson. Se queimou com o Felipão, técnico na época, depois de inúmeras cagadas e foi emprestado a um time chinês. Depois voltou ao Bahia e deu sequência a sua PROMISSORA carreira no Atlético Goianiense. Finalmente indo parar na Coréia do Sul, onde mostra seu “talento” na atualidade.

PALMEIRAS X COMERCIAL-PI

  

5. Patrik “Barriga de Cavalo”

Nome: Patrik Camilo Cornélio da Silva
Posição: Meia-atacante
Quanto durou: 2010 – 2012
Onde está hoje:  Rio Claro-SP

O apelido “Barriga de Cavalo”, dado por Valdívia durante os treinos do Palmeiras, é bom porque se você olhar bem, o cara tem mesmo uma barriga de cavalo. Mas o gracejo não ameniza nem um pouco a dor no coração que era ver esse cara vestindo a camisa alviverde. Ele jogando era algo, no mínimo, tenebroso. Seu passe ainda pertence ao Palmeiras, que segue o emprestando.

patrik

4. André “Balada”

Nome: André Moreira Neles
Posição: Atacante
Quanto durou: 2003
Onde está hoje: Aposentado

A origem do apelido, como dá para perceber, está no estilo de vida PECULIAR que o atleta levava fora de campo. Hoje, o ex-reserva do Palmeiras na primeira Série B disputada pelo clube virou ANDRÉ DE DEUS. O que dizer sobre isso: meu Deus… Se aposentou no fim de 2014 pelo Operário-MT.

andre

3. Fabinho “Capishow”

Nome: Antônio Fábio Francês Cavalcante
Posição: Lateral-Direito
Quanto durou: 2008-2009
Onde está hoje: Portuguesa

Fabinho Capixaba é o pior dos inúmeros laterais direitos ruins que passaram pelo Palmeiras desde a “Era Arce”. Não era rápido, não sabia cruzar, não sabia passar, não sabia marcar, não sabia chutar a gol. Com tanta habilidade sobrando, ganhou o óbvio e carinhoso apelido “Capishow” da torcida palestrina.

capishow

2. Diego Souza “Bunda de Urso”

Nome: Diego Souza (deve ter mais algum sobrenome o qual não encontrei)
Posição: Meia
Quanto durou: 2002 – 2005
Onde está hoje: Montedio Yamagata (JAP)

Lembram dele? Estreou na Copa dos Campões de 2002, ainda com Luxemburgo, foi emprestado ao Joinville e retornou em 2003, para ser o camisa 10 da campanha da volta a Série A. Foi bem naquele time, mas nunca foi nada de mais. Mais engraçado que o apelido Bunda de Urso, que foi dado por razões óbvias, é o fato de ele ter um filho com a cantora Simony. No Japão é visto como ídolo. Vai entender…

diego

1. “Marcinho Gente Boa”

Nome: Márcio Rodrigues Araújo
Posição: Volante
Quanto durou: De 2010 – 2013
Onde está hoje: Flamengo

Esse é um caso de estudo. Como um jogador limitado, que não merece nada mais que banco de reservas em qualquer time grande, consegue a proeza de ser titular com TODOS os treinadores que passaram pelo Palmeiras desde que ele chegou ao clube? Na boa, mais de 250 jogos com a camisa alviverde pra um jogador como ele é MUITA coisa. Só existe uma explicação aceitável para isso: ele deve ser muito gente boa. Por isso todo mundo gosta dele. Menos a torcida, é claro.

A CARA DELA, A VITÓRIA

A CARA DELA, A VITÓRIA

Comentários

INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL
Pelada na Net
E-Consulters Web Não Intendo Tenso O Macho Alpha Testosterona Capinaremos Mentirinhas Will Tirando
Categorias
<