Análise – Brasil x Inglaterra no Maracanã | FUTIRINHAS

Análise – Brasil x Inglaterra no Maracanã

Por Vitor Patureau

maracana_ap

O empate com a Seleção inglesa apesar de aparentemente decepcionante, teve alguns bons pontos. Principalmente no primeiro tempo, onde o Brasil dominou completamente o jogo, Felipão fez algumas mudanças de última hora na escalação que de principio não gostei, mas o time se comportou muito bem. Porém, seus reais erros táticos foram cometidos no segundo tempo, quando a Inglaterra conseguiu se encontrar em campo. Mas, apesar da reação inglesa, gostei do fato de Felipão não ser omisso quanto à necessidade de atacar, sacando Luiz Gustavo e colocando Hernanes, colocou o time pra frente. Mas esse acabou sendo seu maior erro, pois o time ficou desprotegido. Mas, sem mais delongas, vamos as análises individuais:
Julio César, goleiro – No primeiro tempo mal foi exigido mas apareceu bem quando foi, no segundo não teve culpa no primeiro gol e culpa no segundo é discutível, acredito que poderia estar menos adiantado no lance, mas ainda seria uma bola muito difícil de se defender. Não fez nenhuma defesa espetacular mas também nenhuma falha espetacular, foi bem.
Daniel Alves, lateral direita – Esteve muito bem no primeiro tempo no apoio ao ataque e foi pouco exigido na defesa, no segundo tempo deixou verdadeiras AVENIDAS no lado direito da zaga, por sorte faltou visão dos ingleses para explora-las, é algo a ser corrigido nos próximos jogos.
Filipe Luiz, lateral esquerda – De inicio não gostei da mudança (Marcelo foi o titular nos treinos) mas confesso que gostei muito do futebol apresentado por ele no primeiro tempo, apoiou bem no ataque e não deixou espaços na defesa, teria sido diferente com a Inglaterra mais ofensiva no segundo tempo ? talvez, mas mesmo assim achei sua substituição prematura.
Thiago Silva, zagueiro – Seguro durante todo o jogo, brilhante na defesa quase não cometeu falhas, no segundo tempo era o único lúcido e evitou uma maior quantidade de gols ingleses.
David Luiz, zagueiro – Novamente não me convenceu, não gosto de zagueiros com “síndrome de Lúcio”, acha que é o Beckenbauer e quer sair jogando toda hora mas só sabe perder a bola, não comprometeu em muito na marcação mas poderia ter sido melhor, principalmente no segundo tempo
Luiz Gustavo, volante – Não foi muito exigido no primeiro tempo mas compareceu quando necessário e novamente achei sua saída completamente prematura, a substituição comprometeu a marcação no meio de campo e pra mim foi a principal causa dos gols sofridos
Paulinho, volante – Muito apagado no primeiro tempo, claramente com medo de sair muito e deixar espaços atras (orientação do técnico ? talvez), no segundo tempo foi completamente comprometido pela péssima substituição de Felipão, ao retirar Luiz Gustavo e colocar Paulinho como primeiro volante, posição em que não é muito eficiente, condenou o Brasil, ambos gols foram por falta de marcação no meio de campo, setor que requer atenção justamente do primeiro volante, é justo julga-los como falha individual de Paulinho sendo que este teve de atuar fora de sua posição ? Um pouco, mas não completamente, depois da virada foi para frente como deveria ter ido desde o começo e fez o que sabe fazer melhor, aparecer como elemento surpresa no ataque.
Oscar, meia – Melhor em campo no primeiro tempo, abriu muito bem o jogo e montou as melhores oportunidades de gol do Brasil, no segundo estava claramente desgastado e teve de ser substituído.
Hulk, atacante – A grande pergunta do jogo : QUEM HULK TA COMENDO NA CBF ? não é possível esse cara ser titular pelo tempo que foi, fez cagada o jogo inteiro, todas jogadas paravam no seu pé, simplesmente ridículo.
Neymar, atacante – Buscou muito jogo no primeiro tempo e apareceu bem diversas vezes, faltou a finalização correta, no segundo tempo pareceu que nem entrou em campo, completamente apagado.
Fred, atacante – Fez o que tem que fazer, gol. Não ligo se ele não fez absolutamente nada o resto do jogo, fez o gol e portanto cumpriu sua função, claramente com estrela de matador.
Substituições – Marcelo entrou bem, mas gostaria ter visto mais de Filipe Luiz, Lucas entrou apagado mas apareceu quando necessário com uma bela assistência para a pintura que foi o segundo gol brasileiro. Hernanes entrou muito bem, fez o que Paulinho devia ter feito no primeiro tempo, Fernando entrou pra consertar a cagada de Felipão e assim o fez. Bernard e Damião bem apagados (porem com pouco tempo de bola).
Felipão, Técnico – Achei que tivesse errado na formação inicial, mas gostei da dupla de luizes, quero ver mais deles. Mas cometeu dois erros monumentais. Primeiro a insistência com Hulk, retardada, simplesmente retardada. Segundo com a ideia de jogar sem volante de contenção no segundo tempo, ou de no minimo improvisar Paulinho na posição, COMO VOCÊ É BURRO CARA ! simplesmente matou a seleção, depois de perceber a cagada consertou com a entrada de Fernando. Ainda errou ao deixar o time sem meia de criação depois da saída de Oscar, entendi que a substituição foi por motivos médicos mas o cara tinha dois ótimos substitutos no banco (Jadson e Bernard) e não fez uso deles até o fim do jogo.

Comentários

INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL
Pelada na Net
Não Intendo Tenso O Macho Alpha Testosterona Capinaremos Mentirinhas Will Tirando
Categorias
<