Bora Baêa #3 – Marcelo Aparecido de Souza (Vasco) 1×1 Baêa

Por Zeel Fonseca 

palmeiras-corinthians-marcelo-aparecido-640x360-reproducao (1)

Fala galera!!! Galera que se sentiu garfada, galera que se sentiu roubada, galera esta que achou que a arbitragem meteu a mão no nosso Baêa. Eu não consigo entender como é que um arbitro pode ser tão tendencioso e leviano. E sabe de uma coisa? To nem aí mesmo, LADRÃO.

O Bahia iniciou o jogo bem, mais uma vez com muito empenho na marcação, e não demorou a abrir o placar, Helder lançou a bola do meio de campo e Fernandowski deu um “tchatchekerugi” e encobriu o goleiro Michel Alves.  O Tricolor começou a se portar bem em campo, mas aos 21 minutos da primeira etapa Fahel foi disputar uma bola com Caizalbé ná área e o FDP do arbitro marcou o penalty, mas o detalhe é que Fahel nem tocou no jogador do Vasco. Em resumo Caizalbé converteu e o time carioca empatou a partida.

No segundo tempo o Vasco dominou as ações da partida, mas sendo que era um domínio estéreo, sem levar grandes perigos a defesa tricolor, que estava muito bem postada. O único lance agudo do time Cruz Maltino, foi uma cabeçada de André na trave e uma defesa espetacular de Lomba no rebote.

Mas para quem achou que eu não iria comentar a expulsão do Diones, está muito enganado. Foi mais um lance revoltante na partida, não pela expulsão em si, mas sim pela falta de critério do tendencioso Marcelo Aparecido de Souza. O cara expulsou o volante tricolor por ele ter aperto o braço na altura do rosto do adversário, mas ai é que tá a coisa, o meia do Vascú, o Caizalbé fez isso mais de dez vezes na partida, e não tomou um yellow card por isto.

Ai eu deixo a pergunta para vocês e aguardo os comentários. Será que eu estou de marcação com o “arbitro” ou ele foi extremamente tendencioso, ladrão, safado, mão leve, deputado federal…..

Vamos para a analise dos jogadores beleza????

Marcelo Lomba – Não foi muito exigido durante a partida, mas quando o foi, teve uma intervenção importantíssima. Nota: 7,0

Madson – Continuo a falar, se começar a treinar cruzamentos, será um grande jogador. Nota: 5,0

Lucas Fonseca – Parece até ctrl+c ctrl+v, mas é o que sinto quando o vejo jogar, SEGURANÇA. O cara da um ar de segurança para nossa zaga. Nota: 8,0

Titi – Vem melhorando em 100% comparado ao primeiro semestre. Nota: 7,0

Jussandro – Melhorou tanto no apoio quanto na defesa (leia-se melhorou, mas para ficar bom tem que melhorar muito). Nota: 6,0

Fahel – Sempre um guerreiro. Mordedor na marcação, mas tem que melhorar o passe. Nota: 6,0

Helder – Lançamento primoroso para Fernandowski e continua fazendo o feijão com arroz, logo, está jogando bem. Nota: 7,0

Diones – Acho que foi infantil na expulsão. Ele sabia que o arbitro estava sendo tendencioso e mesmo assim deu mole. Sendo assim o Bahia passou aperto com menos um. Nota: 3,0

Potita – Não era dele, mas mesmo assim ele se esforçou. Nota: 6,0

Ryder – Boa partida, não se esconde e procura sempre o jogo. Tem muito a evoluir, mas já mostrou a muito que é um bom jogador. Nota: 7,0

Fernandowsky – Entrega 1000. O cara está ajudando em todos os setores do campo, e além de tudo faz gols. Nota: 9,0

Neto – Entrou para tentar compor a meiuca, mas ele não foi bem. Nota: 5,0

Raul – Foi normal, ajudou na marcação vai ficar na media para passar. Nota: 6,0

Toró – Entrou para ajudar no setor de marcação, mas ele acabou mesmo foi complicando em alguns lances, pelo simples fato de que ele não conseguia acertar o fundamento básico do futebol, o passe. Nota: 4,0

Comentários

INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL
Pelada na Net
E-Consulters Web Não Intendo Tenso O Macho Alpha Testosterona Capinaremos Mentirinhas Will Tirando
Categorias
<