Caiu na Área #57 – Quem é melhor – Dedé ou Réver? | FUTIRINHAS

Caiu na Área #57 – Quem é melhor – Dedé ou Réver?

Via DiBico

Há alguns meses surgiu uma boa, interessante, educada e respeitosadiscussão em um dos grupos que faço parte no Facebook: quem é melhor, Dedé ou Réver?

Coincidentemente, o ex zagueiro vascaíno se transferiu para o Cruzeiro, apimentando ainda mais o debate.

Por isso, resolvi trazer a polêmica para o DiBico, como fizemos com Wellington Nem e Bernard, para considerar diferentes opiniões baseadas em dados e características.

De fato, os dois zagueiros têm características físicas e técnicas semelhantes. Ambos são destros, não são os chamados “brucutus”, desarmam bem, são raramente expulsos e sabem sair jogando com a bola. O jogador cruzeirense tem 1,93 m e o atleticano apenas dois centímetros a menos.

Dedé é respeitado nacionalmente, eleito por Neymar como o melhor zagueiro do Brasil e era chamado de “mito” pela torcida vascaína. Réver é considerado o melhor zagueiro do Brasil atualmente, faz parte de um time que está dando show e está convocado para a Copa das Confederações.

Os inícios de carreira dos dois zagueiros também foram parecidos. Ambos começaram em clubes modestos do interior. Réver no Paulista de Jundiaí e Dedé no Volta Redonda.

Réver e Vitor no Paulista

No Paulista, Réver conquistou o título mais importante da sua carreira, a Copa do Brasil de 2005. Ficou por lá até 2008 – antes, teve uma rápida passagem por empréstimo pelo Al-Wahda – quando se transferiu para o Grêmio.

escudo-do-Atletico-MineiroNo clube gaúcho, Réver obteve projeção nacional, contribuindo para o vice-campeonato brasileiro. Naquele mesmo ano, foi eleito o 3º melhor jogador de sua posição, perdendo apenas para Miranda e Ronaldo Angelim. Em janeiro de 2010, o zagueiro se transferiu para o Wolfsburg da Alemanha, por 5 milhões de euros e já no meio do ano o Atlético Mineiro anunciou sua contratação, adquirindo 70% do passe do jogador.

No Galo, Réver sempre foi titular e capitão. Mesmo lutando para fugir da zona do rebaixamento por dois anos consecutivos, ele conseguia se destacar e até ser convocado para a seleção brasileira. Em 2012, veio a consagração, após um ano primoroso para o Galo.

Dedé Volta Redonda

Já Dedé começou no Volta Redonda, subiu para o profissional em 2008 e se destacou em dois campeonatos cariocas até ser contratado pelo Vasco por 984 mil reais. Em 2009, mesmo não sendo muito utilizado, o zagueiro ganhou seu primeiro título no novo clube, o Campeonato Brasileiro da Série B. No ano seguinte, com as trocas de técnicos, Dedé conseguiu mais espaço e rapidamente caiu nas graças da torcida.

ESCUDO_CRUZEIRO-MGEm 2011, Dedé conquistou seu maior título, a Copa do Brasil. Na temporada atual, o ex-cruzmaltino sofreu com as lesões, o que resultou em falta de ritmo de jogo, mal desempenho no amistoso contra o Chile e a não convocação para a Copa das Confederações. Mesmo assim, despertou o interesse do Cruzeiro, que o contratou por U$ 5 milhões, maior aquisição da história do clube. Sua chegada a Belo Horizonte foi comemorada por uma multidão no aeroporto.

Não há dúvidas que Dedé e Réver são os melhores zagueiros atuando no Brasil. A ida do ex-vascaíno para o Cruzeiro só aumentará as comparações entre eles. Assim como fizemos com Bernard e Wellington Nem, não ficaremos em cima do muro e daremos uma opinião coincidentemente semelhante no final.

Para ser mais precisos, vamos comparar os dados dos jogadores:

Réver X Dedé Dados

Os valores de mercado foram estabelecidos pela Transfermarkt.

Como nem tudo no Futebol é número, vamos comparar também as características de cada um:

Réver X Dedé Características

Como podem reparar, o equilíbrio é imenso. Foi muito complicado analisar cada característica. Podem ficar à vontade para tentar.

Mas nem por isso ficaremos em cima do muro:

Veredicto: 

Devido a sua experiência internacional e a regularidade das últimas temporadas, Réver é muito mais confiável no momento. Por isso, concordamos com Felipão em convocá-lo preterindo Dedé para a Copa das Confederações.

Mas Dedé ainda não atingiu o auge na carreira e tem muito potencial a ser desenvolvido. O zagueiro sempre mostrou um profissionalismo acima da média, um exemplo de capitão e pode evoluir exponencialmente quando for para a Europa, como aconteceu com Thiago Silva, que já tinha muito potencial e foi apenas lapidado no Milan.

Ou seja, se eu fosse um dirigente de um time (com muito dinheiro obviamente) precisando resolver um problema defensivo imediato, iria atrás de Réver. Se eu fosse Felipão, também convocaria o atleticano para a Copa das Confederações.

Caso eu fosse um investidor ou um dirigente de um clube europeu, não titubearia em procurar por Dedé. E se eu fosse o Felipão (caso ele permaneça até a Copa do Mundo), não tiraria o olho do cruzeirense para 2014, pois Dedé tem características de verdadeiros líderes, coisa que a nossa seleção carece atualmente.

Rever Dede 18.09.2012

O que acharam?

Gostaríamos de suas sugestões para comparar jogadores. Quais atletas com características semelhantes seria interessante realizar comparações?

Comentários

INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL
Pelada na Net
Não Intendo Tenso O Macho Alpha Testosterona Capinaremos Mentirinhas Will Tirando
Categorias
<