História da camisa da Argentina

Via Mantos do Futebol

História da camisa da Argentina

História da camisa da Argentina – As listras em azul celeste e branco são inconfundíveis em qualquer lugar do mundo. E não é para menos, afinal, o manto “Albiceleste” já faturou duas Copas do Mundo, dois Ouros Olímpicos e foi vestido por craques de enorme qualidade e sublimes dons artísticos. Histórica e com vocação vencedora, a camisa da Seleção Argentina de futebol é uma das mais cultuadas do planeta e sinônimo de raça, paixão e títulos. Mas demorou certo tempo até que as listras fossem adotadas pela equipe portenha.

evolução dos escudos da AFA - Associação de Futebol Argentino

A primeira vestimenta argentina, datada de 1901, foi composta por camisas e calções brancos e meias pretas, combinação que seguiu até 1910 e ganhou os primeiros nuances de azul celeste no final da primeira década do século XX. No começo dos anos 1910, a Argentina adotou as listras em azul celeste e branco, seguida de calção preto e meias cinzas. Em 1919, em uma partida contra o Brasil, a equipe usou uma camisa celeste e “quebrou” seu protocolo habitual em homenagem a Roberto Chery, goleiro do Peñarol que faleceu naquele ano após uma queda em uma partida pelo Campeonato Sul-Americano de seleções. Como homenagem, as duas seleções disputaram o troféu Roberto Chery em prol da família do goleiro e o Brasil jogou com o uniforme do Peñarol e a Argentina com um similar ao do Uruguai.

Roberto Chery e uniforme semelhante usado pela Argentina para jogo em prol da família

Roberto Chery e uniforme semelhante usado pela Argentina para jogo em prol da família

Na primeira Copa do Mundo da história, em 1930, o uniforme argentino mudou e ganhou calções azuis no lugar dos negros. Em 1958, muito argentino deve ter ficado furioso quando soube que sua seleção vestiu uma camisa amarela na Copa do Mundo da Suécia. Motivo? Logo na estreia da equipe, contra a Alemanha, o selecionado portenho não trazia consigo uniforme reserva e foi necessário o empréstimo das vestimentas do IFK Malmö, clube da cidade aonde as seleções iriam se enfrentar. Com isso, a Argentina entrou em campo com um exótico uniforme composto por camisa amarela, calção preto e meias cinzas. Tal combinação não deu sorte e a Albiceleste perdeu por 3 a 1.

Camisas da Argentina Copas de 1930 e 1958

Camisas totalmente distintas utilizadas nas Copas de 1930 e 1958

Nos anos 70, a equipe tornou a camisa listrada, o calção preto e as meias brancas as peças do uniforme clássico e definitivo, que já trouxe louros em 1978, na conquista da primeira Copa do Mundo da história argentina. Em 1976, a camisa toda azul começou a ser utilizada como opção número 2 juntamente com calções brancos ou até pretos (como na Copa de 1986), o que permanece até os dias de hoje. Nos anos 90, o azul mais escuro estampou o uniforme da equipe nas Copas de 1994 e 1998.

mais copas

Para a Copa de 2014, a Argentina aposta em um uniforme claro e sem o calção preto, mas na cor branca, para “espantar os maus agouros” e tentar uma façanha que seria homérica: conquistar o tricampeonato mundial na casa de seu maior rival, o Brasil.

camisa atual da Argentina

Comentários

INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL
Pelada na Net
E-Consulters Web Não Intendo Tenso O Macho Alpha Testosterona Capinaremos Mentirinhas Will Tirando
Categorias
<