Jogadores que nem sempre foram velhos | FUTIRINHAS

Jogadores que nem sempre foram velhos

Via DiBico 

A gente já está tão acostumado em tratar alguns jogadores como experientes que esquecemos que eles, assim como todos, também já foram jovens, com dúvidas e incertezas sobre o futuro na carreira.

Mais ou menos como a gente tem uma visão dos nossos avós. Quando os conhecemos, eles já eram velhos, então a impressão é que eles sempre foram assim.

Seedorf

O surinamês e holandês, astro do futebol mundial, hoje atuando no Brasil pelo Botafogo, é mais um dos velhinhos famosos do futebol, com 36 anos. Com um carreira recheada de títulos, o meia holandês passou pelos maiores clubes do mundo como Real Madrid, Milan e Internazionale.

Apesar da idade avançada, Seedorf apresenta uma condição física invejável por conta de seu profissionalismo e seriedade.

Ainda garoto, no Ajax, Seedorf parecia um figurante do seriado Um Maluco no Pedaço e já indicava que seu destino seria o sucesso. Ele estreou nos profissionais em novembro de 1992, com 16 anos.

Em seguida, amadureceria para ser uma das peças importantes do time que conquistaria o bi da Eredivisie e o título da UEFA Champions League em cima de um timaço do Milan.

Torcedores do Ajax fizeram um vídeo com os melhores gols de Seedorf com a camisa do time holandês, confira:

Andrea Pirlo

Apesar de não ser tão velho, com 33 anos, Pirlo já é visto como veterano. Além da idade avançada no futebol, o jogador tem um vasto currículo de vitórias e liderança, no Milan, na Seleção Italiana e agora na Juve. Por isso você as vezes não consegue enxergar ou até mesmo lembrar do garoto Pirlo.

Mas o menino estreou entre os profissionais com apenas 16 anos, na temporada 1994-95, pelo Brescia, que acabou sendo rebaixado neste ano.

O amadurecimento do jovem Pirlo foi importantíssimo para o retorno do Brescia à elite duas temporadas depois. Á época, o hoje meio-campista era atacante. Suas boas atuações o levaram à Inter de Milão.

Com 19 anos e uma concorrência pesada de craques como Ronaldo e Seedorf, Pirlo não foi aproveitado e acabou sendo emprestado ao Reggina e ao Brescia. Após esse último empréstimo retornou à Inter para ser vendido ao Milan.

Abaixo, um gol do hoje “velhinho” Pirlo, com a camisa do Brescia em 1997, na partida que consolidou o acesso do time:

Diego Forlán

Forlán hoje é uma das atrações do futebol brasileiro. O melhor jogador da Copa do Mundo de 2010 chegou ao Internacional após uma passagem apagada pela Inter de Milão.

Antes da Copa, Forlán teve grande fase no Atlético de Madrid, onde foi campeão da Europa League. Ainda na Espanha teve ótima passagem pelo Villareal, quando o clube espanhol chegou às semis da Champions League. Forlán foi Chuteira de Ouro UEFA nas temporadas 2004-05 e 2008-09. Muita gente vai se lembrar ainda que Forlán saiu do Manchester United antes de ir para a Espanha.

O astro internacional tem hoje 33 anos, também não tão “velhinho” assim, mas por ser tão rodado e experiente, é lembrado como tal.

Forlán passou pelas divisões de base do Peñarol e do Danubio, mas ainda juvenil partiu para o Independiente-ARG, onde tornou-se uma grande promessa e estourou para o mundo.

Você confere abaixo um gol do garoto Forlán no melhor estilo dele, um balaço de fora da área:

Uma curiosidade a respeito de Forlán é que antes do futebol o uruguaio era um jovem tenista. Dizem que era muito bom. O uruguaio desistiu da carreira após um acidente que abalou a família. A tragédia deixou a irmã de Forlán, Alejandra, paraplégica e matou seu noivo. À época, o jogador tinha 12 anos, e ele mesmo diz que não haveria o atual Diego sem Alejandra. Abaixo, o craque uruguaio mostra que não esqueceu o talento para o tênis:

Ryan Giggs

O “old Giggs”, como é carinhosamente chamado pelos torcedores do Manchester United, tem 38 anos e completará 39 ainda neste ano. Ou seja, Giggs já é um veterano há muito tempo. Alguns leitores só lembrarão do “old Giggs”. Eu mesmo pouco me lembro “young Giggs”.

Mas Ryan já foi garotão, aos 14 anos chegou ao Manchester United e aos 17 estreou no time profissional, no ano de 1990.

Encontramos um vídeo intitulado o primeiro gol de Giggs com a camisa do United, mas há controvérsias. Há quem diga que foi justamente contra o rival Manchester City. O que importa é o fato de ver o menino Giggs marcando, então aí vai:


Paul Scholes

Mais um ídolo do Manchester em atividade, Paul Scholes esbanja saúde aos 37 anos. É oriundo das categorias de base dos Reds Devils, e só jogou por lá.

Scholes já é visto como um atleta experiente faz tempo, mas em 1994, com 20 anos, o garoto Paul fez sua estréia pelo profissional do Manchester.

Abaixo, dois gols do menino:

Juninho Pernambucano

Um dos maiores ídolos da história do Vasco, Juninho Pernambucano está com 38 anos e tem status de craque do time e um dos melhores jogadores do atual Campeonato Brasileiro. Assim como os jogadores citados, Juninho mantém a boa forma física, o que proporciona ao meia atuar em altíssimo nível.

O “Pernambucano” de Juninho, veio de quando o ainda garoto (20 anos) saiu do referido Estado nordestino, como contrapeso de empresários, para o Vasco da Gama, numa negociação envolvendo o atacante Leonardo. O atacante não vingou, e o coadjuvante Juninho tornou-se ídolo do Vasco.

Abaixo, uma matéria do “Gol, grande momento, da TV Bandeirantes” com o Juninho ainda moleque, ele dá entrevista e fala sobre a renovação contratual, vale a pena conferir:

Zé Roberto

O vovô Zé Roberto, 38 anos, atualmente no Grêmio, é outro que exala saúde. Com um físico impressionante, Zé corre o tempo todo e foi cobiçado por vários grandes do Brasil antes de acertar com o tricolor gaúcho.

Como todos sabemos, Zé Roberto hoje é meia, com um passe refinado, inteligência e bom chute. Mas o garoto Zé Roberto, nosso alvo, não tinha nada de meia no início da carreira, era lateral-esquerdo, e dos bons, tanto que foi vendido pela Portuguesa ao Real Madrid em 1997 por algo em torno de 6 milhões de reais, o maior valor pago por um clube europeu a um lateral do futebol brasileiro.

Zé começou a carreira na Lusa, estourou em 1996, naquele vice-campeonato brasileiro, mas sua estréia nos profissionais aconteceu em 1994.

Não encontramos gols e lances de destaque de Zé com a camisa da Lusa, abaixo os gols do 1º jogo da final de 1996, quando a Portuguesa fez 2 a 0 no primeiro jogo, mas deu mole no 2º e ficou sem o título, veja:

Comentários

INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL
Pelada na Net
Não Intendo Tenso O Macho Alpha Testosterona Capinaremos Mentirinhas Will Tirando
Categorias
<