Leão da Ilha #5 – Um banho de chuva fria

Por Leandro Cavalcanti 

martelotte

Saudações rubro negras leitores do Futirinhas!

“Criamos algumas oportunidades, mas demos espaços para eles saírem com a bola dominada. Tivemos duas bolas na trave que poderiam mudar o jogo, mas erramos e a bola deles entrou. Em alguns jogos, nós  tivemos mais concentração no início da partida, em outros mais dificuldades e melhoramos no segundo tempo. No entanto, nem sempre a virada é possível.” Essas foram as palavras do técnico Marcelo Martelotte depois do último jogo do leão, o time rubro negro perdeu dentro de casa por 2 x 0 diante do Bragantino.

O Resultado foi péssimo para o time, um jogo que tinha tudo para ser tranquilo acabou se tornando um verdadeiro caos, com a derrota o time Pernambucano saiu do G4 e está atualmente na oitava colocação e assim vai continuar até o fim da Copa das Confederações, mas pior ainda é para a torcida rubro negra que além de voltar a ter desconfiança com o time, ainda devem ter pegado um resfriado com a chuva e o frio que fazia…

O Jogo marcava cinco anos do último título nacional do Sport, a Copa do Brasil, mas o título ficou apenas como o tópico de menor importância da noite, o maior destaque foi para o péssimo futebol apresentado pelo elenco. O time que entrou em campo foi: Magrão; Rithely, Tobi, Gabriel e Marcelo Cordeiro; Renan Teixeira, Anderson Pedra, Camilo e Lucas Lima; Marcos Aurélio e Felipe Azevedo, ou seja, a mesma equipe que entrou contra o Palmeiras.

A Partida começou movimentada, o Sport tentava jogar pela Lateral Direita novamente com Rithely improvisado, já o bragantino tentava jogar pelo meio, mas era notável a limitação das duas equipes, apesar do grande movimento o jogo só começou a ficar bom depois dos 7 minutos, Marcos Aurélio acertou uma bomba de longe no travessão, mas não ocorreram muitas mudanças no jogo até que aos 15 minutos novamente como contra o Palmeiras a chuva veio forte na ilha do retiro e o jogo começou a perder a técnica que já não tinha, aos 24 minutos Marcos Aurélio cobrou escanteio, Rithely subiu de cabeça e a bola bateu na trave, o Sport aparecia bem no jogo e tudo estava se encaminhando para que o Leão abrisse o placar, até que Felipe Azevedo resolve fazer sua jogada principal! Ele aparece no ataque, recebe a bola cisca pra um lado rebola pro outro faz umas mugangas e… Perde a bola! O time do bragantino parte no contra ataque e acaba aos 29 minutos com um escanteio, a bola bateu no travessão, Magrão saiu errado na bola, a zaga fica admirando o trajeto da bola até que fica pedindo para entrar na meta rubro negra nos pés do atacante do Bragantino, era o primeiro gol da partida e o começo do desespero rubro negro, você percebe que a situação esta ruim quando vê Tobi saindo pra buscar jogo… Camilo não aparecia em um lance, simplesmente fazia nada em campo, diferentemente de Renan Teixeira que apareceu muito… fazendo muita besteira, não fazia nada que preste. O time só queria jogar pelo Lado Direito, todo mundo sabe da fraqueza de Marcelo Cordeiro, mas isso num queria dizer que não podia tentar por aquele lado!…Enfim acabou o primeiro tempo dando dor nos olhos.

Esperava que o segundo tempo o Sport conseguisse o empate e a virada, como em todos os jogos o time só começa a jogar bola na segunda metade da partida, a esperança do feito se repetir nessa existia. O time volta com uma alteração Nunes no lugar de Renan Teixeira, a alteração na teoria não foi ruim, pois Renan Teixeira não estava fazendo nada que preste em campo, vai que Nunes se inspira pra jogar na chuva de novo e faz um gol? estava ótimo, se não, o time não ia perder nada, por que pior do que estava com Renan não tinha como ficar!

O Time do Sport entrou no segundo tempo buscando o empate, mesmo em baixo de muita chuva e já com algumas poças no campo, Marcos Aurélio e Lucas Lima foram para cima com tudo e o time rubro negro começava a fazer pressão, tudo indicava que o empate estava muito perto de acontecer, até que aos 12 minutos o bragantino tenta chegar ao ataque pela primeira vez na segunda etapa, em um contra ataque a bola e jogada ao meio campo, Rithely levou um drible do gramado molhado e a bola sobrou pra Lincom (Aquele mesmo perronha que foi contratado pelo Sport em 2009, mas parecia mais um boneco de Olinda do que um jogador e só jogou três jogos e foi dispensado… Não sei que azar é esse que o Sport tem de todo Ex-jogador do Sport quando enfrente o time, joga bem…) que pegou a bola no meio campo e saiu correndo com ela, Gabriel ficou novamente admirando o rolar da bola e não fez NADA, só acompanhou de perto o segundo gol do Bragantino, daí para o final foram muitas jogadas de bola parada, mas o campo não cooperava para um futebol mais técnico e o bragantino começava a jogar na retranca…não havia mais nada o que fazer era a terceira derrota do Leão na competição…

Antes de fazer a avaliação individual de cada jogador, me lembro de um lance de Nunes onde o mesmo mostrou toda sua habilidade:Já próximo do final do jogo em um ataque rubro negro, depois de uma confusão na defesa do bragantino, Nunes recebe a bola sozinho (Impedido é claro), o juiz já havia apitado, mas ele continuou a jogada, dominando a bola e observou o goleiro que estava caído e com toda sua habilidade chuta… Para fora… Esse lance serve para mostrar o nível de alguns jogadores rubro negros, essa derrota por um lado vai servir para mostrar para a diretoria que o time precisa de mudanças urgentes, como Martelotte mesmo falou, seis contratações devem pintar na Ilha do Retiro, estou confiante que depois dessa parada o time volte melhor, mas para isso é necessário que a diretoria se movimente mais, pois cada vez mais parece que ela só observa de braços cruzados enquanto a situação do Sport vai indo por água a baixo…

Magrão – 5,0 – Falhou no primeiro gol, saiu muito afobado na bola no primeiro lance, se tivesse maior concentração talvez tivesse dado chance de fazer um milagre no chute do jogador do Bragantino…

Rithely – 5,0 – Sua pior partida na série B, entrou como lateral direito, mas a vontade de jogar de volante era maior, e isso acabava atrapalhando seu rendimento, mas soube aparecer bem na partida em alguns lances, mas também pecou em outros, ou seja, teve uma participação com muitos altos e baixos.

Tobi – 4,5 – Repito quando você vê Tobi, saindo pra buscar jogo é por que o negocio está feio mesmo, já disse e repito tem o espírito de um jogador do Sport , mas a técnica de um jogador do Íbis. Certas horas só a técnica mantem ele em um bom nível, mas foi outro com muitos altos e baixos.

Gabriel – 2,0 – Acho que estava com sono, estava em todo lance, mas só observando, Principal responsável tanto pelo primeiro gol como pelo segundo, outro que teve sua pior partida pela série B.

Marcelo Cordeiro – 4,0 – Não acho nem que ele foi tão ruim assim, mas se escondeu demais nesse jogo, jogador que quase nunca pede bola, e quando pede o pessoal não toca, se nem os companheiros de equipe confiam na Lateral Esquerda, quem dirá a torcida…

Renan Teixeira – 1,0 – Renan pegava na bola, 10 segundos depois a bola estava com o jogador do Bragantino, pior da partida, só fez besteira o jogo todo, até aparecia nos lances, mas só atrapalhava!

Anderson Pedra – 4,0 – Outro que achei que se escondeu demais no jogo, também não foi tão ruim assim, só fez o feijão com arroz, mas teve uma participação muito apagada.

Camilo – 3,0- Eu só descobri que Camilo estava em campo creio eu que aos 10 minutos do segundo tempo, jogador sem objetividade nenhuma, teve uma das melhores chances do Sport, pegando a bola cara a cara com o goleiro, e chutando em cima do mesmo, já mostrou mais futebol do que isso…

Lucas Lima – 5,0 – Tinha horas que estava dominando o jogo, tinha horas que estava perdido, jogador que junto com Marco Aurélio dão mais velocidade ao time, mas com o campo do jeito que estava não jogaria bem nunca.

Marcos Aurélio – 7,0 – Melhor em campo pelo Sport brigou até o fim, está vestindo as cores do Leão, e deve continuar assim, gostaria de relembrar um lance já no segundo tempo ,quando o Sport já estava perdendo por 2 x 0 em um contra ataque do bragantino, o time já estava dando como o terceiro gol do adversário, mas Marcos Aurélio mostrando garra, foi de carrinho, empurrão, dedada e tudo que teve direito pra cima do jogador do time paulista, ou seja essa vontade que a torcida do Sport quer ver!

Felipe Azevedo – 4,0 – A mesma coisa de sempre, esta parecendo até que é só da CTRL + C, CTRL + V, joga sempre do mesmo jeito: pega a bola corre, faz moganga, chuta pra fora, mas gol que é bom nada!

Nunes – 4,0 – Cristiano Nunaldo não teve tanta sorte quanto no jogo contra o Palmeiras, provavelmente deve ser alguma proposta pra jogar na Europa que está afetando seu rendimento, Peruas dos bastidores afirmam haver proposta do Barcelona pelo jogador… Brincadeiras a parte, to sentindo a falta de Roger.

George Lucas – 6,0 – Gostei da sua estreia, mostrou com muita vontade de querer reverter o resultado entrou no lugar de Camilo e melhorou o time, jogou bem defensivamente, e precisa aprimorar mais a parte de cruzamentos.

Érico Júnior – 3,0 – Jogador pra dar velocidade ao jogo, mas com o campo cheio de poças não tinha nem como dar uma carreira com a bola, entrou e não fez nada.

Marcelo Martelotte – 4,0 – A meu ver errou na escalação, tendo Maurício e George Lucas no banco, entrar com Rithely improvisado e Tobi na zaga é bronca, pra piorar suas mudanças não surtiram efeito nenhum… Mas o treinador pra mim esta com crédito estou confiante num bom trabalho e quero ver o Sport com a cara dele depois da Copa, até lá vamos nos contentar com o oitavo lugar…

Comentários

INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL
Pelada na Net
E-Consulters Web Não Intendo Tenso O Macho Alpha Testosterona Capinaremos Mentirinhas Will Tirando
Categorias
<