Seu time é um FRACASSO #8 – Cruzeiro | FUTIRINHAS

Seu time é um FRACASSO #8 – Cruzeiro

Por Felipe Domenech 

Olá amigos torcedores! Na semana passada, assumi o desafio de tocar nas feridas da história do Atlético Mineiro. Por causa disso, este texto, e não poderia ser diferente, aborda hoje seu maior rival, o eterno candidato a grande do Brasil, o Cruzeiro Esporte Clube.

Comecemos falando do peculiar início da história das Raposas. No início, o Cruzeiro era conhecido como o Palestra Itália (assim como o Palmeiras também). O antigo Palestra foi criado em 1921, até passar mais de duas décadas amargando a pequeneza que lhe era oferecida, o clube foi obrigado pelo governo a mudar seu nome, para que não tivesse ligações com a Itália. Foi mudado então para Palestra Mineiro, mas depois de reuniões e mudanças de diretoria, passou a se chamar Ypiranga. Mas, uma semana depois, isso mesmo, UMA SEMANA, o clube finalmente passou a se chamar Cruzeiro Esporte Clube.

No meio da década de 40 o já nomeado (finalmente) Cruzeiro reformou o seu estádio, trocando seu nome para Juscelino Kubitschek. Aí começa a era mais engraçada da história do futebol mineiro. o Cruzeiro, por não ter dinheiro, foi praticamente obrigado a se desfazer de todo time principal, e passou a usar só os juvenis. A equipe se afundou num semiamadorismo que só foi solucionado com a construção do Mineirão, que ajudou o clube a se reafirmar. Aliás, o Cruzeiro nem sempre esteve entre os grandes mineiros, só se tornou clássico jogar contra o Galo depois da construção do Mineirão. Antes disso, cabia ao América-MG, que realmente era maior que o Cruzeiro na época, a alcunha de grande rival do Atlético. Mas que triste início de trajetória para uma equipe que tem o ego tão imenso.

Depois de ressaltar o passado, foquemos nossas atenções para o presente. Desde 2003, o Cruzeiro vem sendo um projeto de se firmar entre os maiores clubes do Brasil novamente, mas fica só na promessa. Acho que o ano que melhor exemplifique a vida do clube nos últimos anos seja o de 2011, quando começou a temporada de forma arrasadora, jogando um futebol vistoso (Comandados por Cuca rsrsrs) e até goleando o Estudiantes, seu algoz na Libertadores de 2009, dentro e fora de casa, assim se tornando no 1º colocado geral da Copa Libertadores. Considerado por alguns como o “Barcelona das Américas”. Porém, não teve condições de superar o Once Caldas, comandado por Rentería e acabou eliminado dentro de casa (de novo?). Logo depois, a campanha no brasileirão foi sofrível, terrível, pífia… Lembra até a década de 80 do clube.

Para quem não é azul e mineiro, cabe explicar como foram os anos 80 desta “gloriosa” equipe. Somente 2 estaduais em 10 anos. Esses foram os anos 80 do Cruzeiro.

Mas, voltando ao ano de 2011, o Cruzeiro estava prestes a cair, precisava de uma vitória sobre o maior rival, e isso realmente seria difícil já que o Atlético vinha numa ascendente incrível, difícil né? Nem tanto, um jogo duvidoso, questionável, um placar extremamente elástico em um clássico tão decisivo nos faz no mínimo pensar sobre o caso, como o Cruzeiro com aquela equipe medíocre conseguiria aplicar 6×0 no seu maior rival, sendo que tinha chances imensas de ser rebaixado? Estranhamente nada nunca foi descoberto.

Para finalizar, fazendo apenas uma pequena citação de que o Cruzeiro segundo seus próprios números tem 24 vitórias a menos que o Atlético em clássicos e 62 gols a menos. Realmente, o Cruzeiro apesar de tentar muito manter a imagem de maior equipe do Brasil, passa longe de realmente possuir essa alcunha.

Galera esse foi o texto de hoje, qualquer sugestão ou dado que quiserem me passar me mandem no meu perfil no ask: http://ask.fm/kdteudeus. Obrigado a todos, tchau.

Comentários

INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL
Pelada na Net
Não Intendo Tenso O Macho Alpha Testosterona Capinaremos Mentirinhas Will Tirando
Categorias
<