Seu time é um SUCESSO #3 – Santos | FUTIRINHAS

Seu time é um SUCESSO #3 – Santos

Por Felipe Domenech 

time-sucesso-santos

Olá caros leitores! Estamos de volta esse semana para falar do time cuja categoria de base é um verdadeiro criadouro de talentos, o Santos Futebol Clube. E acima de tudo uma reinvenção constante do futebol, o time que revelou Pelé, Coutinho, Pépe, Zito, Edu, Pita, Pagão, Dorval, Clodoaldo, Aílton Lira, Alex, Juari, Diego, Robinho, Elano, PH Ganso, Neymar e outros tantos grandes jogadores.

Como falar de Santos sem citar que é o ÚNICO time do interior que conquistou a Libertadores, por 3 vezes, e o MUNDO, em duas oportunidades? O Peixe é um dos times mais vitoriosos do Brasil e, talvez somente o Santos possa dizer isso, colhe seus títulos como fruto de um ótimo trabalho de base.

Como um menino de apenas 17 anos pode assumir a camisa 10 de um clube e iniciar fazendo gols e colocando a bola embaixo do braço? Existem algumas místicas que talvez só o Santos consiga praticar. O futebol arte que encanta e apaixona, uma equipe que teoricamente seria mais uma interiorana se torna a maior equipe do futebol mundial, e é lembrada até hoje como “o time que inventou o futebol”. Pergunte pra QUALQUER pessoa que viu aquele Santos dos anos 60 jogar qual foi a maior equipe da história do futebol e essa pessoa não demorará 5 segundos pra dizer que é aquela equipe de Pelé, Pepe, Coutinho, Zito e tantos outros craques que marcaram o mundo. Pelé, com apenas 17 anos, marcou 58 gols em apenas um campeonato paulista e já arrancava aplausos até dos torcedores rivais.

Mas uma da façanhas mais extraordinárias não é muito conhecida do grande público: a fama e prestígio do Santos chegou a tal ponto, que o time foi capaz de paralisar uma guerra. Esse fato inusitado aconteceu durante uma excursão do Santos à África, em 1969.

O antigo Congo Belga vivia uma sangrenta guerra civil. Assim que a delegação do Santos chegou ao país, onde disputaria uma partida amistosa, os dirigentes foram informados do conflito e o consequente cancelamento do jogo. A notícia de que a população não poderia ver o rei do futebol jogar causou uma grande comoção no país, inclusive entre as partes em luta.

Então os conflitantes entraram num acordo e a guerra parou para que o jogo fosse realizado. O Santos acabou realizando duas partidas na região e a paz reinou no país naqueles dias, sem que nenhum tiro fosse disparado. A guerra só recomeçou depois que o Santos saiu do país.

Todos os tipos de torcedores, de qualquer time, queriam ver aqueles grandes jogadores em campo. Era a história acontecendo diante dos olhos dos torcedores, o melhor jogador de todos os tempos estava em campo. O atleta do século desfilava no gramado com seus companheiros, fazendo jogadas impensáveis para a época, jogando como ninguém nunca havia jogado, como pouquíssimos conseguiram fazer até hoje.

Claro que falar de Seleção tricampeã mundial de futebol é também falar do Santos F.C., todos sabem que a história dos dois se completam. O Alvinegro Praiano teve praticamente toda sua classe convocada para a seleção canarinha encantar o mundo. Ocorreu em 58, ocorreu em 62, não ocorreu em 66 pois a seleção enfrentaria uma adversário totalmente desleal, e ocorreu principalmente  em 1970. quando Pelé, demonstraria o ápice do seu futebol e faria daquela Copa um grande marco na história. Foi a copa que o rei do futebol mais se destacou. Mas não foi só naquela época que o Santos daria seus jogadores para que o Brasil fosse uma potência do futebol. Hoje em dia, Neymar é o principal jogador da nossa seleção, e além dele, o Santos regularmente tem jogadores convocados para jogos do Brasil.

O clube passou por um grande jejum depois da aposentadoria de Pelé, em 1974, conseguiu alguns títulos estaduais (que antes tinham um peso muito maior que hoje em dia) e teve uma década de 90 praticamente desastrosa. O clube não embalava.

Mas em 2002, 18 anos após a conquista de seu último grande título, a equipe do Santos, liderada por dois meninos, Diego e Robinho, ainda com a companhia de ótimos jogadores na época, que era escalado com Fábio Costa; Maurinho, Alex, André Luís e Léo, Paulo Almeida, Renato, Elano e Diego; Robinho e Alberto, conquistou o Brasileirão em cima do Corinthians com uma campanha sensacional no mata-mata.

Em 2004, outro brasileirão, ainda com Robinho, Elano e Léo no elenco, o Santos venceu o Brasileirão “contra tudo e contra todos”, pois teve diversos gols legais erroneamente anulados, o sequestro da mãe de Robinho, que afastou o jogador por diversas rodadas e um arranque final incrível até a conquista do título em cima do Atlético-PR, que contava com Washington inspiradíssimo.

Depois disso, o Santos ainda conquistou mais alguns paulistões e fez boas campanhas na Libertadores liderados por Zé Roberto, mas nada comparado quando Neymar e Ganso subiram para o time principal, com grande ênfase para Neymar. Em 2010, um time que encantou o mundo e marcou mais de 100 gols em apenas 6 meses, com goleadas estrondosas de 10×0, 9×1. 8×3, 6×3 e outras tantas… O time que contava com Ganso, Robinho, Neymar, Wesley, Arouca encantou o Brasil com um futebol que há muito tempo não era visto e que rendeu um Paulistão e uma Copa do Brasil para o clube, o credenciando para voltar à Libertadores do ano seguinte. Esta Libertadores que contou com um Santos liderado quase que o tempo todo por Neymar, que com apenas 19 anos conduziu o time novamente para o topo da América depois de 40 anos

 

Bom galera por hoje é isso, semana que vem volto com o primeiro texto de 2013. Feliz ano novo a todos, fica meu perfil http://ask.fm/kdteudeus para qualquer duvida ou critica, até mais.

Comentários

INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL
Pelada na Net
Não Intendo Tenso O Macho Alpha Testosterona Capinaremos Mentirinhas Will Tirando
Categorias
<