Seu time é um SUCESSO #4 – Grêmio | FUTIRINHAS

Seu time é um SUCESSO #4 – Grêmio

Por Felipe Domenech 

time-sucesso-gremio

Um grito em 58 anos se calaria pela última vez, o clássico contra o maior rival seria apenas um pequeno capitulo de um lindo domingo de sol, um domingo em que mais uma vez a maior torcida do sul do Brasil reverenciou seu time, esteve presente na sua velha e conhecida casa que agora ficaria no passado, um adeus doído e inesquecível.

Como esquecer que no velho Estádio Olímpico um jogador faria uma comemoração que o marcaria na história de um clube? Claro que falo de André Catimba e seu famoso mortal que deu errado. Porém, foi com aquele gol que o grêmio acabaria com uma sequencia incrível de vitórias do rival, com aquele gol, o grêmio recuperaria a sua merecida hegemonia estadual. Grêmio grande, Grêmio guerreiro, Grêmio copeiro, Grêmio imortal… Quem viu César desempatar aquela partida contra o Peñarol pela final da Copa Libertadores da América, de 1983, após um espetacular cruzamento do ídolo eterno Renato Portaluppi. Alguns irão dizer que aquela seria  final de Libertadores mais sangrenta da história, o alto número de faltas e cartões vermelhos realmente deixaram aquele jogo violentíssimo. Mas todo torcedor brasileiro tem que ter em mente que qualquer batalha disputada no templo gremista jamais será fácil, não adiantará o rival aparecer com milhões, jogadores gremistas aparecerão com o coração, mais do que isso, levem dinheiro que nós levamos milhões de torcedores ao gramado, seja na Arena ou seja no Olímpico, a garra e a imortalidade tricolor jamais ficarão de lado, seja contra o ASA de Arapiraca ou contra o Real Madrid, um verdadeiro jogador gremista põe o coração na ponta da chuteira do primeiro ao último lance.

Provaram isso ao vencer o Hamburgo na final do mundial, com dois gols do craque ainda menino Renato. Esse mesmo Renato que encantarou na Libertadores, encantou também no mundial. Já provamos nossa garra quando o velho mestre Hugo De Leon levantou uma taça de campeão da América enquanto estava coberto de sangue. Sangue esrte que foi derramado por uma causa nobre, derramou-se sangue para marcar o nome gremista e do olímpico na história do futebol. O Grêmio é, o primeiro clube gaúcho a conquistar a América, e também o primeiro clube gaúcho a conquistar o Mundo. Isso a história nunca vai apagar.

As conquistas não se resumiriam apenas aquelas memoráveis de 1983, o tricolor gaúcho também conquistaria por 2 vezes, em 1981 e 1996, conquistaria mais uma vez a libertadores em 1995, além de 4 copas do brasil, nos anos de 1989, 1994, 1997 e 2001, sendo assim, junto com o cruzeiro,  o maior detentor de copas do Brasil. Também conquistou o gauchão por 36 oportunidades, sendo o segundo maior vencedor desta competição.

A maioria dessas conquistas(exceto uma pilha de gauchões) foram conquistados durante a época do majestoso Olimpico, antiga casa que necessitou ser deixada pra trás, como um filho que vai embora de casa fica a saudade mas também fica a certeza de que a casa nova irá fazer com que o futuro seja próspero. Gremistas do mundo inteiro esperam da Arena a mesma magia e mística que o olímpico carregou por décadas, para que a alma gremista não se perca, e que os  filhos e netos saibam quem foram os ídolos que fizeram do grêmio uma das maiores equipes do país.

Bom galera por hoje é só, espero que tenham curtido o texto de hoje, um feliz ano novo a todos e que o futebol brasileiro em 2013 brilhe tanto como brilhou em 2012. Abraços.

Comentários

INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL
Pelada na Net
Não Intendo Tenso O Macho Alpha Testosterona Capinaremos Mentirinhas Will Tirando
Categorias
<